Sacrifice

.
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 [RP] Don't be such a Kauffman!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Johanna L. Nikolaevna
LUH
LUH
avatar


MensagemAssunto: [RP] Don't be such a Kauffman!    Seg Dez 21, 2015 12:16 am

Oh mother, don't be such a
Grinch! Or Bitch, whatever!

"Natal sempre fora a época preferida de Johanna, não pelo motivos que todos achavam, sabe...A união familiar, o clima de amor no ar, tudo bobagem, não havia união para os Nikolaevna's o que havia eram grandes festas de natal e grandes presentes entre os familiares que faziam todos ficarem de boca aberta rezando para um dia poder entrar no circulo Nikolaevna. Alguns até haviam tentado e falhado miseravelmente. Outros até tinham tido a chance de ter a visão de como era seu um deles, até algum de seus familiares descartar essa pessoa como um brinquedo velho. Era tudo o que eram para eles. Brinquedos velhos e descartáveis que só serviam enquanto eram limpos e interessantes. Seu celular havia despertado exatamente sete da manhã. Havia muito a se fazer. Planejar, montar, se arrumar, dar telefones, era tudo tão entendiante e ao mesmo tempo excitante para a herdeira Nikolaevna. Johanna se levantou sorrindo, o quarto estava uma bagunça e o garoto em sua cama ainda dormia, mesmo com o despertador alto, a morena rolou os olhos o acertando com um travesseiro antes de entrar no banheiro tomando uma ducha rápida enquanto cantarolava Santa Baby em um tom alto. Johanna olhou o relógio, eram sete meia, ainda precisava buscar o bolo, ir ao cabeleireiro, comprar um sapato novo, pegar seu vestido com seu estilista pessoal e então se arrumar. Só de pensar em tudo isso a herdeira suspirou.

Johanna se enfiou no primeiro par de jeans que viu e colocou uma camiseta qualquer amarrando os cabelos em um coque enquanto pegava a bolsa e o celular, assim como o casaco e os óculos escuros para finalmente sair do quarto estalando os dedos para fazer os seguranças prestarem atenção nela. - Joshua você vai pegar o bolo na avenida 15, não foda tudo ou eu vou te caçar. Richard você vai vir comigo para o cabeleireiro. Ryan você pega meu vestido as três horas em ponto na avenida 54 com a 55, não faça merda ou você vai se ver comigo. E Gean, compre um sapato para mim, de preferência preto, calço 34, não pise na bola. É isso...Ah, e meninos. - Johanna suavizou a expressão sorrindo. - Feliz natal. E Gean, feliz hanukah! - Piscou por cima dos óculos escuros e então se ajeitou jogando os cabelos descendo as escadas. O resto de seu dia passou voando, entre cabelo, maquiagem, gritar com os empregados por estarem fazendo algo errado, telefonemas, unhas e então se trocar. Na verdade se trocar era a parte mais fácil, seu vestido feito sob medida se moldava perfeitamente em seu corpo, seus sapatos eram confortáveis e suas joias combinavam perfeitamente com sua roupa deixando tudo em perfeita harmonia. Harmonia que ela esperava que as três famílias que se reuniriam tivessem ali.

Johanna encarou-se no espelho e sorriu, era natal, nada podia dar errado...Certo? Franziu o cenho tentando afastar todas as possibilidades de sua mente antes que começasse a surtar. Ela precisava de conhaque, dos fortes e de um cigarro. Fechou os olhos respirando fundo tentando esvaziar a mente deixando-a em branco, precisava ser uma boneca de porcelana, sorrindo, posando com os irmãos e sendo uma boa menina. Uma perfeita boneca pronta para ser usada. Era natal, afinal. O dia de ser quem sua família quisesse que ela fosse. Sorriu docemente e então saiu do quarto descendo as escadas com calma até chegar a grande sala que encontrava-se totalmente decorada. Os convidados ainda não haviam chegado, mas suas mãos já tremiam. Uma guerra estava para eclodir, e ali estavam os Nikolaevnas dando uma festa de natal, engordando os inimigos apenas para abate-los depois. Típico. Feliz Natal."

Roupa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Monick L. Nikolaevna

avatar


MensagemAssunto: Re: [RP] Don't be such a Kauffman!    Seg Dez 21, 2015 8:32 pm


WHY'D YOU BRING A SHOTGUN
TO THE PARTY?
†THEPUMPKINKING

Mais um ano se passava e, novamente, chegava o dia do circo tradicional. No final do ano, a data do Natal caracterizava a massiva (e carregada de luxos e falsidade) reunião dos Nikolaevna com outros componentes da alta sociedade européia, que não hesitavam em fazer viagem até a Rússia, de modo a ter participação no evento. Em tal edição, as famílias presentes além dos anfitrões e convidados menores seriam Kauffman e Novoselic, o que estabelecia em certo que fogo cruzado poderia e, defnitivamente, iria ocorrer. A expectativa para qualquer empecilho era, ao simultâneo, boa e ruim, uma vez que seria uma oportunidade para deixar que as máscaras se quebrassem, contudo, perdas ocorreriam em tal processo. A simples ideia de fazer um mero gesto e ver um Novoselic cortando a garganta de um Kauffman fazia com que Monick se sentisse expectante e ansiosa para o jantar, tanto para colocar as cartas na mesa quanto para ver o pequeno projeto de Johanna falhar miseravelmente. Odiava deixar os planos do jantar nas mãos da menos favorita dos filhos, uma vez que, apesar das notórias habilidades no que convinha ao social, considerava a garota completamente incapaz de atender o nível de exigência de tal festividade. Contudo, quando se estabelecera que a garota organizaria o jantar daquele ano, não erguera protesto. Sabia que, de uma forma ou outra, daria errado. Johanna  sempre falhava.

Após acordar naquela manhã, não tivera mais preocupações que relaxar para estar pronta e impecável no horário da festa. Havia reservado tudo com antelação, programado a entrega de seu vestido e inclusive contratado profissionais de maquiagem, cabelo e cuidados com a pele para ajudá-la a se preparar para uma noite de stress e mentiras. Iniciando com um demorado banho, passou a tarde toda em função de massagens, atender ligações como máximo esforço e detox a base de água e limão. Por fim, após maquiagem suave, praticamente inexistente devido à beleza natural, e cabelos, enfundara-se no modelo de Zuhair Murado, perfeitamente desenhado para aquele evento. Olhara-se no espelho então e, como característica, abrira o sedutor sorriso que costumava oferecer a todos para cativar, contudo, sabendo que aquele não era sincero. Detestava os Kauffman, detestava Johanna e detestava o maldito evento que nunca servia para nada além de reforçar o ódio. Mas com o dinheiro, chegava o poder e com o poder a necessidade de estabelecer convencionais e inconvencionais relações apenas para manter aparências. E aquilo, infelizmente, era necessário.

Assim que esteve pronta, saiu de seus aposentos apenas para parar na cima da escada, olhando para o salão de jantar de forma fria, quase como se pudesse ver o sangue que ali estava para ser, simbólicamente ou não, derramado. Observa Johanna e arqueia ambas as sobrancelhas em desdém. Apesar de tudo, sentia certo orgulho da filha. Contudo, para que a própria Johanna tivesse forças, não deveria demonstrar. O mundo era cruel e apenas os fortes eram capazes de sobreviver. De tal modo, respira fundo e faz seu papel de mãe.

-Esse vestido... Comprou ele de alguma loja de segunda mão? Ou você só engordou bastante nesses últimos tempos e conseguiu deixar ele ruim?_Questiona, em tom suave e gélido._De todos modos, a festa ainda não está tão patética quanto eu esperava. Até pra me desapontar você me desaponta...

Os convidados ainda não haviam chegado, mas odor a guerra e morte já era presente e intenso. A ela, apenas lhe restava aguardar sentada e cantar vitória, afinal, além da força, o elemento surpresa sempre vence a guerra. E naquele momento, os Nikolaevna tinham o dinheiro e os assassinos. E com essas duas armas, iriam pintar o mais belo e vermelho quadro de todos, fazendo menção honrosa à coloração típica da festividade. Sangue sobre a neve no mais feliz Natal de todos.

VESTINDO (clilca vai) ; É TRETAAAAAAA; MORRAM KAUFFMANS; FURIOSA RULES


_________________
❝bla bla❞
THE DEVIL'S RIGHT INSIDE
†THEPUMPKINKING
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Haymitch L. Nikolaevna

avatar


MensagemAssunto: Re: [RP] Don't be such a Kauffman!    Seg Dez 21, 2015 10:18 pm

family duty honor
Natal Nikolaevna
Se inclinava levemente para lado, sentado na poltrona, passando uma das mãos pelo rosto. Mal começara a noite e já estava meio irritado. Uma entrega de grande valor havia sido perdida. O incompetente sentado a sua frente era o engarregado de cuidar de tudo perfeitamente. Com um suspiro, apenas fez um sinal com uma das mãos para os seguranças, que logo agarraram o homem por trás e o ergueram diante da mesa. Haymitch se levantou, meio preguiçoso enquanto pegava um rolex da gaveta a sua esquerda.

-No meu mundo uma vida tem preço. Não importa qual, mas tem...- Começou, colocando o relógio no pulso e observando as horas -Essa noite a sua me custou todo o lucro daquela carga. Nem se você tivesse vinte vidas para viver, conseguiria pagar o prejuízo. Você é mediocre. Uma morte em valor negativo para o meu bolso...- Respirou fundo, levando o olhar gélido para o outro -Você vai morrer. Mas antes vai passar por todos os meus homens que trabalham nessa casa. Fiz questão de contratar muitos especialistas em torturas.- Terminou passando o olhar para os seguranças enquanto o outro homem suplicava por perdão -É o meu presente de natal.... Levem-no daqui.

Depois de sua pequena reunião, Haymitch seguiu para fora do escritório. Ja estava quase arrumado. Um terno preto, abotoaduras presas, só faltava ajeitar a gravata em seu pescoço. Assim que cruzou o corredor, pousou os olhos em sua esposa e sua filha mais velha, que estavam paradas proximas a escada. Aproximou-se ao mesmo minuto em que Monick terminara de falar.

-Ninguém desapontou ninguém por aqui, Monick... -Suspirou apertando suavemente os ombros da mesma. Abriu um leve sorriso para a filha -Tudo parece perfeito... -Inclinou-se para a mesma, dando-lhe um leve beijo no topo da cabeça -Até você está perfeita, Johanna. Olhe isso...- Terminou, respirando fundo e observando sua esposa -Preciso de ajuda com a gravata. Ah... Não quero mais nada rude quando os convidados chegarem.
USANDO  ISSO - Template by Master Shot

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lorenzo P. Nikolaevna




MensagemAssunto: Re: [RP] Don't be such a Kauffman!    Ter Dez 22, 2015 11:57 pm

boys and girls of every age
wouldn't you like to see something strange?

Usando Terno + Óculos
----------------------------------------------------------------------------------------
Não era novidade só conseguir ir dormir depois longas horas após a meia noite. Enzo queria dormir, queria ficar na cama por muito mais tempo. A ideia tentadora de ficar enrolado nas cobertas, confortável, seguro e em paz, quase foi tentadora de mais. Pode ouvir praticamente todas as recomendações de Johanna para seus seguranças. O mais novo suspirou e levantou sonolento. O garoto sabia o que cada um na casa poderia estar fazendo. Monick devia ter acordado cedo para ir se arrumar Johanna também, Haymicth devia ter acordado ainda mais cedo para cuidar dos assuntos familiares e Andreas... Provavelmente iria dormir até poucas horas antes da festa.

“Eu te comprei um presente... Então se você não conseguir vir, eu vou tentar fugir aqui de casa e ir te entregar.
Feliz Natal.
Patrick”


A SMS foi digitado com certa velocidade e enviada no mesmo tom. Sem conseguir se conter, um sorriso bobo apareceu no garoto, que se jogou de novo na cama e puxou o travesseiro. Em que momento de sua vida, passou a ser tão bobo assim? Em que momento havia decidido presentear apenas uma pessoa? É definitivamente devia ser o espírito natalino. Enzo balançou a cabeça e pegou o computador, não tinha mais nada pra comprar ou preparar, então apenas decidiu assistir seriados.

{---}

Quanto faltava cerca de duas horas para o horário que Johanna havia marcado, Lorenzo decidiu que iria se arrumar. O terno – que já tinha sido entregue há algumas horas – estava em cima da cama, os óculos encomendado alguns dias antes, deveria chegar a dez, quinze minutos. Logo após o banho, o garoto se dedicou a tortuosa tarefa de ajeitar o terno. Odiava tais vestimentas, pois impediam uma movimentação mais livre, mas a ocasião pedia, então não tinha como ir usando algo diferente. Durante um longo tempo lutou contra a maldita gravata, mas desistiu e recorreu à internet.

- Vergonhoso... – Murmurou para si mesmo, enquanto seguia as instruções para finalmente acertar com perfeição. Deu uma risada satisfeita ao terminar, no exato momento em que bateram na porta. – Pode entrar. – Levanto o olhar para o homem na porta, enquanto colocava o blazer. – Ah, obrigado pela entrega, Michael. Feliz natal e tire o dia de folga, ok? – Depois de entregar duas notas grandes para o homem, se concentrou em ajeitar o próprio cabelo. Não se considerava extremamente vaidoso, mas naquele momento amou o próprio reflexo no espelho. Talvez fossem os novos óculos.

A única coisa que Lorenzo realmente se importou em pegar foi o presente, altamente embalado de forma que não parecesse o que realmente é. Uma katana vinda diretamente do Japão. Resistiu à tentação de se olhar no espelho outra vez e desceu as escadas, a apenas para encontrar Johanna organizando os detalhes finais e seus pais conversando. O mais novo balançou a cabeça enquanto murmurava um educado: “Boa noite.”. Apertou os dedos ao redor da embalagem e foi para onde estava a árvore, deixando com cuidado o presente ali.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Elizabeth L. Kauffman
LUH
LUH
avatar


MensagemAssunto: Re: [RP] Don't be such a Kauffman!    Ter Dez 29, 2015 4:29 pm


X-mas
✖Usando: Isso

Natal, sempre haviam dois lados do natal, a véspera onde a família frequentava os jantares da alta sociedade e a manhã de natal aonde todos eles vestiam pijamas fofos sentavam com canecas de chocolate quente e abriam seus presentes comendo doces e outras besteiras. Era a parte favorita de Elizabeth, ela amava o natal. Amava as festas extravagantes que frequentavam todo ano, adorava a manhã de natal com os irmãos, adorava os presentes, a comida, e a falta de responsabilidade. Era tudo perfeito no dia vinte e quatro e vinte e cinco de dezembro. Ou era para ser. Lizzie encarou o teto da suíte do hotel. A Rússia tinha os melhores hotéis que já tinha se hospedado, disso ela podia ter certeza. Um sorriso brincou nos lábios da garota Kauffman enquanto ela se sentava na cama se espreguiçando. Seu celular vibrou desviando sua atenção para a cabeceira, se esticou pegando o eletrônico e sorriu antes de responder a sms:

"Vai fugir para a Irlanda para me entregar o presente?
Não se preocupe, eu estou no hotel já.
Feliz Natal
Lyanna"

Mordeu o lábio, havia se tornado um costume que ambos assinassem as mensagens com seu nome do meio ao invés do primeiro. Lizzie pulou da cama sentindo-se ainda mais animada com a festa dos Nikolaevnas. Ainda tinha muito o que fazer antes de conseguir ir, mas até lá poderia sonhar acordada com o jantar, que prometia ser maior do que qualquer outro ano. As festas Nikolaevnas sempre se superavam, Elizabeth adorava isso, adorava esperar ansiosamente qual seria a novidade do ano, o que as crianças Nikolaevnas fariam para estragar tudo e fazer com que seus pais surtassem. Como a vez que a mais velha recusou o pedido de casamento de Francis Du Valois, ou então a vez que o gêmeo de Johanna havia colocado fogo no terno de um convidado pois estava entediado. Para Lizzie eram lembranças divertidas, mesmo que quando mencionara para Enzo ele tivesse surtado como seus irmãos faziam, Elizabeth riu sozinha com a semelhança de Enzo com os irmãos.

O resto do dia foi regado a mimos, salão, brincadeiras com os irmãos e então Lizzie finalmente pode colocar o vestido, as joias e seus saltos. Antes de sair do quarto Elizabeth pegou o gorro de papai noel ajeitando na cabeça para então sorrir mandando uma sms a Enzo dizendo que estava saindo do hotel. Ela iria de limousine sozinha, provavelmente outra limousine levaria os pais e outra os irmãos mais velhos, mas Lizzie não estava preocupada com isso, queria chegar logo na festa, respirou fundo e então pegou o celular digitando outra mensagem, desta vez em irlandês direcionada ao irmão gêmeo:

"Feliz Natal outra metade
te amo
Liz"

A sms era simples, Lizzie sabia, mas desejaria feliz natal direto quando chegasse em casa. Apertou o send sem nem olhar se estava mandando mesmo ao irmão e então entrou no carro animada com a viagem pelas ruas da Rússia. Já havia feito aquele caminho diversas vezes, porém a cada ano parecia ser diferente, mais brilhante, novo. Elizabeth se ajeitou quando o motorista abriu a porta lhe indicando que haviam chegado. Elizabeth respirou fundo e trocou o sorriso animado pelo sorriso cortes que seus pais haviam lhe ensinado, escorregou para fora da limousine e adentrou o salão tendo o casaco retirado por um dos empregados, sorriu brevemente e então olhou os dois seguranças que a acompanhavam. - Vocês tem que ficar tão perto? - Rolou os olhos quando os dois assentiram e se aproximou da sala observando os Nikolaevnas. Alguns outros convidados conversavam separadamente, Elizabeth fez uma pequena reverencia. - Boa noite, senhor Nikolaevna, Senhora Nikolaevna. Feliz natal, a decoração está linda esse ano! - Lizzie não sabia quem havia feito, mas apostava em Monick pela sofisticação e pela falta da cor vermelha na casa. - Meus pais pedem perdão pelo atraso, ms um dos meus irmãos teve um imprevisto que precisou de atenção. - Outro sorriso cortes foi direcionado aos mais velhos e então os olhos de Lizzie caíram sobre o mais novo, seu coração falhou uma batida e a garota sorriu verdadeiramente. - Feliz natal, Enzo. - Elizabeth se afastou dos mais velhos acenando com a cabeça para Johanna antes de se aproximar mais de Lorenzo.



We <3 Queen Luh


_________________
Forgive My Borgia Blood
Off with your head Dance 'til you're dead Heads will roll On the floor Glitter on the west streets Silver over everything The rivers all wet You're all chrome Dripping with alchemy Shiver stop shivering The glitter's all wet You're all chrome
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [RP] Don't be such a Kauffman!    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[RP] Don't be such a Kauffman!
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Sacrifice :: RP'S FAMILIAS :: RP'S EM GRUPO-
Ir para: